Maceió é o destino ideal pra você se apaixonar

Ao se hospedar no Tambaqui Praia Hotel comece desfrutando de uma boa caminhada pelas praias de Pajuçara, Ponta Verde, Jatiúca. Peregrinar olhando o azul do mar, as jangadas e os coqueirais é uma tradição dos alagoanos, um convite ao prazer.

O que aproveitar em Maceió


A Cidade


Belezas Naturais


Cultura


Gastronomia


Litoral Sul


Litoral Norte


Maceió by drone

Vista aérea de Maceió
 
Praia de Ponta Verde
 
Caminhada na Orla
Tapiocas recheadas
Associação Comercial
Coreto
Teatro Deodoro
Centro de Convenções

A Cidade

Conhecer Maceió, suas belezas, histórias e lugares é garantia de momentos inesquecíveis. É uma terra banhada por lagoas, um mar que mescla o azul-turquesa e o verde-esmeralda e belas praias ornadas por jardins de coqueirais.

Conhecida como “Paraíso das Águas”, hoje é considerada como o “Caribe Brasileiro” devido às suas belezas naturais que atraem turistas de todo o mundo.

Quem visita a capital alagoana não pode deixar de caminhar na orla urbana de Maceió, a mais bonita e iluminada do Brasil. E no fim da tarde, comer tapioca e apreciar as jangadas no balanço do mar.

Piscinas Naturais
 
 
Praia de Ponta Verde
 
Praia de Pajuçara
 
Lagoa Mundaú

Belezas Naturais

Maceió, cidade de motivos para se apaixonar. Das praias às piscinas naturais repletas de peixes coloridos, a beleza da natureza convive em harmonia com a cidade e seus encantos culturais e históricos. Seja pelo clima ou mar perfeito para relaxar em águas mornas e cristalinas, há um fascínio convidativo em Maceió.

As praias de Pajuçara, Ponta Verde, Jatiúca e Cruz das Almas ficam em área urbana e compõem a orla marítima de Maceió, considerada a mais bonita do Brasil. Nesta área, é possível usufruir de excelentes hotéis, restaurantes, bares, pizzarias, cervejarias, ciclovia e um calçadão com quiosques. Ao final da tarde, ele se transforma em uma passarela perfeita para a prática de atividades físicas ou simplesmente para apreciar o pôr-do-sol.

Guerreiro das Alagoas
 
Artesanato - O Filé
Esculturas feitas de argila

Cultura

A cultura maceioense é expressiva e marcante, principalmente pelo seu rico folclore, além de seus artistas, escritores e músicos como o cantor e compositor Djavan e o poeta Lêdo Ivo. Entre as manifestações folclóricas há os folguedos como: Caboclinho, Carvalhada, Chegança, Bumba Meu Boi, Coco Alagoano, Festa de Reis, Guerreiro, Pastoril, Reisado, Quilombo e Zabumba. O artesanato representado pelo filé e pela cerâmica que encanta a todos por sua criatividade, originalidade e beleza.

Camarões
Camarão de Cueca
 
Casquinha de siri
Cocada
Cuscuz
Tapioca com queijo

Gastronomia

A gastronomia de Alagoana é uma mistura das tradições indígenas, dos portugueses (nossos colonizadores) e dos africanos que vieram para o Brasil como escravos. Os índios, os primeiros habitantes do paraíso de Alagoan, deixaram a tradição da “tapioca” (panqueca de farinha de mandioca, também conhecida no Brasil como aipim ou macaxeira), muito saboreada no café da manhã e no final da tarde ao longo de toda a costa de Maceió.

A cidade tem sabores fortes do Nordeste, do Brasil e do mundo … Em suma, tudo para agradar qualquer paladar!

Litoral Sul

Praia do Francês

Fica a 20km de Maceió, são 34km de areia fofa, águas verdes e coqueirais. O lado esquerdo tem arrecifes que tornam as ondas mais calmas e ainda conta com bares e restaurantes de petiscos. As ondas mais fortes ficam do lado direito, atraindo surfistas e praticantes de windsurfe. Outra atração da praia são os corais, onde se pode mergulhar nas piscinas naturais. Ali os visitantes também podem se divertir no banana boat e fazer aulas de surfe, caiaque e mergulho.

Praia do Gunga

De um lado, um extenso pontal de areia branca às margens da Lagoa do Roteiro, com águas calminhas. Do outro, uma sequencia de coqueirais a perder de vista, mar aberto e falésias coloridas apreciadas em passeios de bugue. O “conjunto da obra” faz da praia do Gunga um dos cartões-postais de Alagoas. Além da paisagem perfeita, oferece piscinas naturais, estrutura de lazer, bares, restaurantes e lojas de artesanato. Um mirante, na entrada que dá acesso à praia, descortina vista panorâmica da região.

Barra de São Miguel

O trecho central da extensa praia é bastante frequentado pelos locais e fica cheio nos fins de semana por conta das piscinas naturais e estrutura de barracas. As piscinas surgem graças à imensa barreira de recifes e são perfeitas para banhos na maré baixa. Entre os quiosques mais badalados está o Praêro, com espreguiçadeiras e cardápio variado.

Nos trechos mais afastados e desprotegidos pelos corais – onde estão residências e hotéis – as ondas são fortes, mas a privacidade é maior. As servidões, que dão acesso à praia, levam aos trechos movimentados e também aos mais tranquilos.

Litoral Norte

Ipioca

A praia deserta da vila de Ipioca tem areias brancas e fofas e águas azuis praticamente sem ondas. Bancos de areia formam piscinas naturais excelentes para a prática do mergulho. No canto esquerdo fica o restaurante pé-na-areia Hibiscus, com petiscos e bebidinhas, além de pufes, tendas e gramadão. Fica a 24 quilômetros do Centro da cidade.

Paripueira

Bastante frequentada nos finais de semana, Paripueira tem bancos de areia que formam piscinas naturais, acessíveis por lanchas na maré baixa. De lá também partem barcos que levam à isolada praia do Carro Quebrado, em Barra de Santo Antônio, recortada por falésias de diferentes tons. Fica a 33 quilômetros do Centro da cidade.

São Miguel dos Milagres

Com pouco mais de 20 km, o trecho do litoral alagoano formado por Barra do Camaragibe, São Miguel dos Milagres e Porto de Pedras é destino perfeito para fugir do turismo de massa. As longas praias, sombreadas por coqueiros, são protegidas por recifes que formam piscinas naturais.

Fonte: Viagem e Turismo

Maragogi

No meio do caminho entre Maceió e Recife fica Maragogi. Fincada no coração da Costa dos Corais, a vila chama a atenção pelo belo conjunto que reúne mar cristalino, areias finas, coqueirais e recifes, sem contar a excelente infraestrutura de hospedagem. Além dos elementos paradisíacos, a paisagem é incrementada ainda pelas Galés, as enormes piscinas naturais a seis quilômetros da costa, repletas de peixes e acessíveis por catamarãs e lanchas que partem da praia central.

Fonte: Férias Brasil

Maceió by drone

O que falam do hotel no Tripadvisor

"Me hospedei no Hotel com meu namorado em maio/2018. Sem palavras para expressar nosso agradecimento a toda a equipe do hotel, todos!
Desde nossa chegada fomos muito bem recepcionados, equipe muito bem preparada, quarto muito limpo, todos os dias era trocada a roupa de cama e toalhas. Chuveiro maravilhoso! Na recepção eles nos emprestam toalhas para levarmos a praia (não é todo hotel que faz isso). Café da manhã com muita variedade, muito delicioso e bem servido, o tempo todo eles repõe. Fiquei viciada em tapioca rsrs de tantas que comi lá, uma mais deliciosa que a outra. Antes de viajar tinha enviado um e-mail para o hotel, dizendo que seria aniversário do meu namorado, eles fizeram um bolinho como cortesia! A piscina é pequena, mas tudo bem. Em meio a tanta coisa legal, não posso ser injusta. Sai com vontade de chorar, me acostumei rápido a ser tão bem tratada rsrs Enfim, só tenho a agradecer, e espero poder voltar em breve. Vocês são ótimos!"

selmasouza2018

"Todos no hotel te atendem bem e estão sempre prontos a ajudar. Desde a recepção, pessoal da limpeza e pessoal da cozinha. A limpeza do quarto é feita todos os dias, quando a gente volta pro quarto está limpo, organizado e cheiroso. Agradecimento especial para Dona Lenira que muito talentosa deixava os bonecos de toalha sobre a cama. Minha filha adorou, eu estava no quarto 410. Café da manhã tem um cardápio especial todos os dias, algumas opções se repetem mas ñ sao todas. Tapiocas e omeletes são feitos na hora uma delícia. Jantei no hotel 3 dias, 2 jantar regional e 1 lanche. Foi muito bom, o cardápio do jantar é bem nordestino, incluindo sobremesa e café, e o preço é justo levando-se em conta a cidade de Maceió. A piscina do hotel é pequena realmente, uma tarde ñ entramos porque ja haviam algumas pessoas e não caberia nós, mas é compreensível devido o espaço compacto do edifício. A piscina é bem limpa, todos os dias. Enfim hotel nos agradou em todos aspectos. É perto do Pavilhão do Artesanato, Feirinha Guerreiros da Artes e Feirinha da Pajuçara. Alguns restaurantes referência ficam perto como Parmegianno e Imperador dos Camarões. A praia da frente do hotel é muito boa também, é a divisa entre Pajuçara e Ponta Verde. Não acreditem em agências que falam que as praias de Maceió são poluídas, procurem o relatório de BALNEABILIDADE do Ima, na época que forem para Maceió."

Ricardo G